Queimada dos Britos à Betânia. Trekking nos Lençóis Maranhenses – Brasil

Os Lençóis Maranhenses formam um belíssimo deserto no Brasil, único em todo o mundo por suas belezas e particularidades.

— Fotos, vídeos e textos de Marcelo Ozório. Guia, Carlos Celso.

Descrição detalhada do trekking de 5 dias atravessando as belas dunas e lagoas do Parque Nacional de Lençóis Maranhenses.
14 a 18 de junho 2017.

dia 4 5 queimada britos betania lencois manhenses 61 - Queimada dos Britos à Betânia. Trekking nos Lençóis Maranhenses - Brasil

17 de junho 2017.
4o. dia. De Queimada dos Britos a Betânia.

É muito lindo. É belo. O planeta sempre surpreendendo.

Andamos pra cassete mas dessa vez sem aquele peso excessivo nas costas.

Saímos com céu estrelado e lua cheia, com aquelas dunas que se tornam cinza claro com o nascer do sol e as águas ficam quase prateadas.

Depois o céu se torna um grande neon antes do fogo fulgurar no horizonte, colorindo tudo. É bacana pra cassete, emocionante. O sangue ferve, os olhos brilham e os sentidos ficam soltos. Todo mundo merece essa sensação. Se todos passassem essa sensação, o mundo automaticamente seria melhor, pois você sabe que ela existe e quer mais.

O sol finalmente chega no horizonte, gentil e iluminado. Você atravessa aquela água verde clara, com fundo branco e temperatura perfeita, o que mais você quer?

A travessia preenche a alma toda e você fica satisfeito. A esta altura, subir e descer duna ficou fácil. Você já adquiriu o modo deserto. Você está no centro dos lençóis, sua alma ganhou um ponto extra. E agora só falta + 200 dunas e atravessar + 80 lagoas pra você chegar… mas chegar aonde?  A travessia é o que importa. Seu coração bomba de felicidade…

Espero que você tenha bom tempo. Como eu tenho o cú voltado pra lua, peguei 5 dias de sol, o que deixa tudo azul, verde e branco.

Antes de concluir este dia especial vamos falar dos ataques aéreos. As gaivotas que lembram pequenos tucanos de bicos pequenos, põem seus ovos na areia, a beira das lagoas e defendem seu território sagazmente. Elas farão um escândalo quando você chegar. É engraçado. Elas ficam dando rasantes na sua cabeça pra te assustar. Sao exímias voadoras, altamente rápidas. Não há perigo. Divirta-se. Deixa a gaivota chegar perto e aí levanta a mão. Em um milésimo de segundo ela desvia a rota, da 1/2 volta e volta a te atacar. Ela fará isso até você sair do território delas. Talvez te acompanhem por alguns minutos. Atacam em dupla ou em bandos. Eu gostei da experiência. Veja o video. Eu torcia pra encontrar as gaivotas. Infelizmente, as tartarugas estão em extinção.

No 4o. dia, quando chega perto de Betânia, você ja está chegando na “civilização”. Começa a ver algumas caminhonetes, algumas pessoas nas lagoas, gritarias etc. Prepare seu espírito para o início do choque civilizatório. Betânia só tem um restaurante e pousada e muita gente sai de Santo Amaro e vem de carro até lé para almoçar, nadar nas lagunas adjacentes e também no Rio Alegre. Foi-se a exclusividade e a vida solitária nas areias do deserto e vá se acostumando ao retorno…

A comida é boa, o redário é o de sempre mas não vi um mosquito e a proximidade com o rio esfria bem a pousada. Foi o único lugar que tive que me cobrir com o lençol e também tive os melhores sonhos.

Trekking no Parque Nacional de Lençóis Maranhenses - Maranhão - Brasil

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *